PPGOceano promove palestra “Interações Físico-Biológicas em Múltiplas Escalas: A Importância de Processos de Submesoescala” nesta sexta-feira, 20/11

16/11/2015 11:57

O Programa de Pós-Graduação em Oceanografia (PPGOCEANO) promove no dia 20 de novembro, sexta-feira, às 14h, no Auditório do EFI/UFSC, a palestra “Interações Físico-Biológicas em Múltiplas Escalas: A Importância de Processos de Submesoescala”, com o professor Paulo H. R. Calil (FURG).

Resumo: A variabilidade temporal do campo de velocidade quase-geostrófica e a interação mútua dos vórtices de mesoescala (10-100 km) tende a gerar filamentos de escala espacial da ordem de 1 a 10 km, caracterizados por altas velocidades verticais e potencial para afetar processos biogeoquímicos. Nesta palestra, aspectos gerais da interação físico-biológica em diferentes escalas temporais e espaciais serão discutidos no contexto de projetos em desenvolvimento no Laboratório de Dinâmica e Modelagem Oceânica (DinaMO) na Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Cartaz do Evento

Cartaz do Evento

 

Palestra “Aspects of water resources and land use change in Distrito Federal, Brazil” com Prof. Dr. Carsten Lorz, nesta sexta, 06/11

04/11/2015 10:08

Nesta sexta-feira, 06 de novembro, às 14:00h, no Auditório do ENS (3º andar), o Prof. Dr. Carsten Lorz, ministrará a palestra “Aspects of water resources and land use change in Distrito Federal, Brazil”. A palestra será realizada pela Engenharia Sanitária e Ambiental e Programa de Pós-graduação em Oceanografia.

Cartaz do Evento

Cartaz do Evento

 

Palestra “Novo algoritmo de controle adaptativo de vibração baseado na teoria de análise modal” com Prof. Guillaume Barrault, nesta quarta, 21/10

20/10/2015 09:59

Nesta quarta-feira, 21 de outubro, às 16:15h, no Auditório (LAED) do Departamento de Matemática (térreo), o Prof. Guillaume Barrault, do Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, ministrará a palestra “Novo algoritmo de controle adaptativo de vibração baseado na teoria de análise modal”, durante o Seminário de Matemática Aplicada.

Resumo:
A maior parte dos algoritmos de controle de vibração adaptáveis assume que as variáveis adaptativas são independentes umas das outras, o que pode resultar em um ambiente ruidoso devido à incoerência entre as variáveis adaptativas e conduzir a instabilidades do controlador. Um novo algoritmo de controle de vibração adaptativa é apresentado onde o sinal estimado é definido como a combinação linear da resposta dos modos individuais de um sistema de vibração amortecido viscosamente-linear. Inicialmente, o objetivo de incluir tais funções no desenho do controlador é tirar proveito do conhecimento sobre o comportamento dinâmico da estrutura a ser controlado.

Cartaz do Evento

Cartaz do Evento